Tags

, , ,

Depois de alguns dias doente, sem poder sair, na sexta-feira resolvi não exagerar e chamei uns amigos para minha casa, para beber umas cervejas e se eu tivesse sorte, rolar alguma coisa. Chamei umas amigas e pedi para uma amiga chamar a Priscila, uma menina bonitinha, baixinha, cabelos pretos que eu achei bem interessante e adoraria dar uns beijos nela. O pessoal chegou e ela veio, fiquei feliz mas não sabia se rolaria, mas fiquei na minha. Estavam presentes um casal de amigos, mais três amigas e a Priscila. Bebemos, conversamos e não percebi muita coisa da parte dela. Depois de um tempo, isso já era pelo menos umas duas da madrugada, a Priscila me chamou para ir ao banheiro com ela, achei legal, pensei que rolaria, pois ela já estava me olhando diferente naquele momento. Fomos ao banheiro, nos tocamos, pegamos na mão, nos abraçamos, demos beijinhos no rosto, mas nada rolou. Fiquei sem ação, mas deixei ela sair do banheiro e fiquei sozinha, pois a cerveja já estava fazendo efeito. Quando sai do banheiro a menina que trouxe a Priscila, estava na porta e me agarrou. Ficamos nos beijando ali por alguns minutos e gostei muito do beijo dela, estava diferente, melhor que meses atrás. Me deu tesão e na hora achei que pudesse rolar algo mais, mesmo porque ela é exibicionista. Liguei para o meu fotógrafo e perguntei se ele poderia ir para minha casa. Ele estava em uma festa, trabalhando mas disse que chegaria umas 4 horas. Então ficamos eu e minha amiga, indo ao banheiro juntas por mais algumas vezes e o clima começou a esquentar. Nisso chegou o meu fotógrafo e falei da situação. Mas o que eu não sabia era que ele já tinha ficado com a Priscila, tempos atrás. Adorei aquilo, mas já estava ficando com a minha amiga. Quando o dia estava por amanhecer, a minha amiga, do nada, decidiu ir embora, deixei ela no portão de casa e voltei para a ”festinha”. Quando cheguei encontrei apenas o casal de amigos meus e não avistei o meu fotógrafo e a Priscila. Fui até a piscina e eles estava se beijando, cheguei perto e iria apenas informar que entraria, estava com sono e queria dormir, não queria atrapalhar, mas ali mesmo eles me puxaram e ela me deu um mega beijo. Nisso ele me pegou por trás e começou e me alisar e me beijar, o desejo e o tesão falaram mais alto. Saímos dali e fomos para o meu quarto, direto, pois era aquilo que eu queria. Percebi que meu fotógrafo estava com muito tesão também e isso me deixou ainda mais empolgada com a situação. Chegamos no meu quarto ela já foi tirando a roupa e me jogando na cama, me chupando, me beijando. Por sinal ela me levou nas nuvens com sua chupada. Nisso, o meu fotógrafo estava apenas beijando nossos pés o que aparentemente estava dando mais tesão ainda nas duas. Um dos momentos mais gloriosos foi quando estava em cima dela, nos esfregando, deliciosamente, quando ele deixou nossos pés e começou a masturbar as duas ao mesmo tempo, ela gemia alto, eu chupava o peito dela e todos estavam se deliciando de prazer. Depois de uma bem dada, com ele gozando nos nossos pés, cansados da noite e de mais de uma hora de sexo, caímos, nus na cama, mortos, mas felizes por termos gozado e matado nossos desejos. Depois dessa noite percebi que estava bem e de volta ao mundo do sexo e dá putaria. Londres que me espere!!!

Anúncios