Calma gente que estou afirmando isso de maniera bilateral e tenho meus motivos. Bom, esse fim de semana foi marcante para mim relacionado com esse tal de sexo. Sexta resolvi conhecer um lugar novo aqui em Dublin e conheci uma menina, gatíssima e com ela fiquei. Voltei para casa e logo nas primeira horas do meu dia de sábado ela me ligou me chamando para a casa dela. Eu fui e ficamos o fim de semana todo juntas, nem saímos para outro lugar, foi um fim de semana todo baseado em cervejas, sexo, cervejas, sexo… Pois bem, nesse caso os detalhes ficam um pouco de lado, já que nem teve muita novidade, foi igual quando levamos alguém para casa (ou vamos até a casa de alguém) com o pensamento no sexo. Rolou uma conquista, uns papinho e pronto, duas horas depois do primeiro gole de cerveja já estavamos na cama, nuas, loucas nos chupando e tendo um fim de semana repleto de sexo. Chegando em casa agora de manhã, segunda-feira, tomando meu café da manhã, me pego com pensamentos sobre o fim de semana e como ficou vazio depois. Não pela futividade do sexo, que com isso nem tenho problema, mas pelo fato de estar com apenas uma pessoa na mesma cama durante o sexo está sem graça. Sempre levantei a bandeira do Ménage aqui, mas agora isso parece ser cada vez mais forte na minha pessoa e parece que isso, apenas isso me satisfaz de maneira plena. Um caso qualquer na rua, um boquete por uma aposta, uma sessão podo, ainda podem me deixar feliz e exitada, pois são coisas diferentes ou fetiches. Acho que ainda rola fazer essas coisas com apenas uma pessoa, mas sexo, por sexo, sem uma coisa fetichista ou incomum acho que nem rola mais. Agora minha busca por sexo vai ser mais complicada eu sei, mas é isso que vou tentar, pois esse fim de semana meus olhos se abriram e isso ficou bastante claro. Não gosto mais de sexo com apenas uma pessoa. Agora serão no mínimo duas pessoas na minha cama, uma proposta bem diferente ou fetichista para eu aceitar.

Anúncios