Hoje mais um babaca veio me xingando inbox por um simples motivo, eu disse não! Primeiro que não vou sair com um cara que não conheci, segundo que ele nem tem foto no facebook, terceiro que saio com quem eu quero. Enfim, depois de ler mais algumas palavras feias, resolvi contar quantos desses caras já me dirigiram palavras desagradáveis e farei um ranking ou um contador (ainda não decidi sobre) com número de idiotas que perdem o respeito por se julgarem bons demais ou me julgar fácil demais. As meninas também serão julgadas, mas isso será bem fácil, pois isso ainda não ocorreu aqui nesse facebook ou no meu blog. Assim, como se fosse um placar de futebol, pois no Brasil tudo é futebol, o jogo estaria em exatos 37 x 00. Isso mesmo, esse é o número de homens (se é que alguns desses podem ser denominados assim) que já subiram nas tamancas para me agredir verbalmente por conta de eu não querer sair com eles ou não querer fazer algo que eles pretendiam. Para terem uma ideia, abaixo colorei um trecho (a parte leve) do que recebi do cara que se achava no direito de ficar comigo porque ele era bi e eu não podia recusar isso. Não vou revelar que foi o infeliz, pois não procuro revolta por parte de ninguém contra ninguém, a vida fará isso por mim, mas quero colocar mais motivos que me afastam de certo tipo de gente.

Trecho:

“Aliás, estive vendo seu blog, é o espelho da prepotência e arrogância feminina!!! como pode uma pessoa criar uma página pra expor apenas as suas ideias, preferências e exigências sexuais, como as outras pessoas não tivessem direitos, opiniões e preferências também…
Quem te falou que vc é tão boa assim???”

Resposta (apenas para esse trecho, pois o resto não merece): A “prepotência”, como você falou, é minha não feminina. Sou assim por culpa de babacas como você. Não sei sobre seu conhecimento sobre internet, mas boa parte da conteúdo de blogs e sites é escrita de forma pessoal, entra neles e segue quem quer, pois não lembro de obrigar você. Quer ter opinião, monte um blog! Agora sobre o fato de eu ser boa, isso é uma coisa que você nunca saberá, mesmo porque em nenhum momento eu falei que eu era boa ou fodona, apenas escrevo sobre meus desejos e minhas aventuras e garanto que sua maior aventura foi se masturbar no banheiro de uma amiga.

Anúncios