Ontem fui encontrar uma menina que conheci na internet. Achei ela linda e chamei meu fotógrafo para encontrá-la, já que ela iria para a Lapa e nos chamou, pois o compromisso que tinha para a sexta passou para sábado e fiquei livre. Ela marcou comigo 22hs e avisei que chegaria meia hora depois. Ao chegar na Lapa, com aquela visão do inferno por conta de bloco e carnaval, mandei uma mensagem e ela disse que iria demorar um pouco mais. Sentamos em um bar, bebemos umas cervejas, andamos um pouco pela Lapa, encontramos amigos, conversamos, bebemos mais cervejas, encontramos outros amigos, bebemos mais cervejas, sentamos em outro bar e nada dela aparecer. Esperamos cerca de 2 horas e meia até que conseguíssemos nos localizar e tentar nos achar. Ainda ficamos em uma certa “brincadeira de gato e rato” pois não nos achávamos, mas por volta das 2 e 15 da madrugada nos encontramos. De cara gostei dela e de cara veio um mala encher nossa paciência, mas como não queria ser rude ou grossa deixei o cara falar por alguns longos minutos, enquanto só queria sair daquele lugar com meu fotógrafo e com ela, pois ela era exatamente aquilo que eu tinha gostado nas fotos: linda, branquinha e uma fofa. Mas a noite não se desenrolou bem como esperava. Conversamos, adorei os amigos dela, (eles são muito gente boa), e depois de pouco tempo (até porque nos encontramos tão tarde que aquela hora da madrugada ainda era pouco tempo), de um banheiro lotado e de umas conversas, apesar de realmente vermos que ela era a garota que queríamos sair naquele momento, ela se vira e fica com outro cara, do nada! Fiquei sem entender a atitude, pois nos chamou para conhecê-la, marcou conosco, nos fez esperar e ainda ficou com um menino na nossa frente? Bom… vida que segue! 

Anúncios